Publicado por: Caio Gondim | 27 setembro 2008

Trilha Barreiros – São José da Coroa Grande

Trilha realizada pelo Venture Bikers entre Barreiros e S. J. da Coroa Grande, PE – em 27/09/2008

Por Lula Moura

TrVB 27092008 054

Um dia de Terra e Mar

Com a confirmação da chegada do verão, associada aos comentários nos grupos de pedaladas noturnas e pelos diversos canais da internet, a quantidade de pedaleiros das trilhas têm aumentado significativamente. Prova disso foi nossa trilha realizada no último sábado, 29 de setembro, entre Barreiros e São José da Coroa Grande, ambos municípios situados ao sul de Pernambuco.

A idéia inicial de fazermos uma trilha em uma região a mais de 100 km de nossa cidade, exigiu um planejamento diferente, principalmente porque a quantidade de interessados ultrapassava a quantia de trinta, o que levou os organizadores a optar por um deslocamento conjunto das pessoas e das bikes para o local da aventura.

TrVB 27092008 005TrVB 27092008 013

Alugamos um micro ônibus, um reboque para as bicicletas, e partimos para Barreiros em um clima de grande descontração, tendo a oportunidade de reforçar ainda mais o grau de integração de todos, já que passaríamos mais de uma hora e trinta de viagem para o ponto de início da trilha. Ao chegarmos iniciamos os preparativos, ajustes de equipamentos e, como de praxe, tiramos a clássica foto do início de cada trilha. O calor era forte, o sol fazia a sua parte para completar a beleza daquela região praieira que nós pedaleiros iríamos desvendar.

Seguindo as estradas encontrávamos diversos tipos de terreno, chão batido, barro, areia e vez por outra grandes pedras que exigiam dos ciclistas habilidades e equilíbrio para serem ultrapassadas, e que felizmente, nos levava sempre a grandes paisagens, como a bela visão da foz do Rio Una, e a outras fantásticas de penhascos com mais de 60 metros de altura de onde podíamos contemplar e confirmar o prazer de interagir com todo aquele visual fantástico. Logo após meio dia, chegamos ao vilarejo de Várzea do Una. Onde descansamos e saboreamos um delicioso ensopado de aratú em um bar na margem do Rio que dava nome ao vilarejo. Neste bar havia um dique de onde pegaríamos um barco que nos levaria pelo rio até a praia de São José da Coroa Grande.

TrVB 27092008 023TrVB 27092008 034

Daí nossa aventura tomou um rumo inusitado, imaginem uma traineira, ou melhor, um barco de madeira daqueles de pescador, que levaria vinte sete bicicletas, vinte sete trilheiros, e mais sua tripulação de três pescadores de uma só vez. Se você lembrou de alguma reportagem de afundamento daqueles barcos que cruzam o Rio Amazonas lotado de gente e de bagulhos para tudo que é lado, imaginem o que passou por nossas cabeças.

Como usuário até freqüente deste tipo de embarcação nas minhas aventuras de mergulho, veio logo a lembrança das fichas de liberação emitidas pela Capitania dos Portos que ficam expostas nos barcos deste tipo, informando a quantidade máxima de oito a dez passageiros obviamente variando com o tamanho de cada uma delas. Mas com certeza aquela só aceitaria aquela carga na cabeça dos pescadores, que afirmavam todo tempo que dava para todos fazerem a travessia de uma única vez. Não sei se por sorte, ou por azar de alguns dos proprietários das bicicletas, uma simples marola gerada por uma embarcação que passou ao lado da traineira quando ainda estava sendo carregada, foi o suficiente para derrubar algumas bikes dentro do rio. Só assim foi que o grupo resolveu dividir a travessia em duas etapas.

TrVB 27092008 038TrVB 27092008 041

A passagem pelo rio foi mais um show, vimos alguns pescadores em busca de seu sustento jogando suas tarrafas e arrastando suas redes, alguns turistas em suas embarcações, e muitos outros habitantes interagindo de diversas formas com aquele ambiente para eles familiar, para nós, belo e encantador. Quando chegamos no nosso ponto de desembarque, o mestre da embarcação na intenção de facilitar a retirada das vinte e três bicicletas que estavam a bordo, resolveu atracar na areia. Bom, quem sabe como fica uma traineira encalhada na areia com o mar enchendo, já tem idéia de como é ficar em cima com ela jogando de um lado para o outro. Agora imaginem isso tentando descarregar um monte de bicicletas.

Não sei como explicar, mas em meio a uma gritaria de todos os lados do tipo: Pega aqui! Vou cair! Me segura! Agora é essa! Vai virar! Não deixa molhar, não deixa molhar! Olha as cordas! Acreditem, em menos de cinco minutos todas as bikes já estavam desembarcadas e salvas na areia. O pior é quando pensávamos que tava tudo certo, vimos que a embarcação havia ficado realmente encalhada. Agora pense num monte de mané fantasiado de piloto de mountain bike, empurrando um barco na praia para ele desencalhar. Foram quase vinte minutos de empurra para um lado, toma banho de mar do outro, se pendura ali, leva um escorregão aqui, até o bendito barco desencalhar para ir buscar o resto do grupo.

TrVB 27092008 043TrVB 27092008 048

Finalmente após todos reunidos continuamos nossa trilha com destino a cidade de São José da Coroa Grande, onde o ônibus nos esperava para finalizarmos mais uma grande aventura, desta vez com um maior número de integrantes que certamente poderão passar adiante todas as histórias vividas.

Parabéns ao Venture Bikers por mais um descontraído sábado proporcionado a todos.

Trilha Barreiros – São José da Corôa Grande/PE.

  

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: