Publicado por: Caio Gondim | 25 julho 2009

Trilha Nova Cruz – Porto Vasco

TrVB 25072009 086

TrVB 25072009 005TrVB 25072009 007

TrVB 25072009 004

Quando anunciamos que a trilha seria em Nova Cruz, todos logo se animaram. Primeiro por ser uma trilha que fica perto – Nova Cruz é um distrito de Igarassu – e principalmente por ser muito bonita, com vistas muito legais do nosso mar e da nossa terra, dos altos coqueiros…

TrVB 25072009 009TrVB 25072009 011

TrVB 25072009 013

TrVB 25072009 014TrVB 25072009 015

TrVB 25072009 016

TrVB 25072009 019TrVB 25072009 018

TrVB 25072009 023

TrVB 25072009 024TrVB 25072009 030

TrVB 25072009 033

TrVB 25072009 032TrVB 25072009 035

TrVB 25072009 034

TrVB 25072009 039TrVB 25072009 041

TrVB 25072009 040

TrVB 25072009 042TrVB 25072009 044

TrVB 25072009 049

TrVB 25072009 050TrVB 25072009 054

TrVB 25072009 063

TrVB 25072009 065TrVB 25072009 067

TrVB 25072009 070

TrVB 25072009 071TrVB 25072009 074

TrVB 25072009 073

TrVB 25072009 076TrVB 25072009 077

TrVB 25072009 078

TrVB 25072009 080TrVB 25072009 087

TrVB 25072009 085

TrVB 25072009 084TrVB 25072009 001

TrVB 25072009 088

Como de costume, estacionamos os carros junto à capela de N. S. das Dores, mas teve gente chegando de barco, teve gente chegando atrasado, não importava, só não era permitido perder essa trilha e partimos procurando desde o começo a areia da praia. A maré estava alta e Dornelas disse que não lembrou esse detalhe, ver a tábua de marés, o que nós nem acreditamos muito e nem levamos em consideração, afinal, ele sabe que adoramos água mesmo.

Saindo da praia, entramos numa pequena mata e veio a primeira baixa. A bruxa da catraca anda à solta e acometeu Rafa do mesmo problema de Resk na trilha de Aparauá, obrigando nosso “Vassoura” a retornar.
Logo estávamos dentro dos manguezais, ouvindo os despautérios de Gabi que não se conformava em por sua bike na lama, pois ela teima em inverter o processo, levando a bike sempre nas costas. Que isso menina? Põe essa bike na lama! (Risos)

A subida próxima ao Ateliê do escultor Roberto Vital, continua sendo um desafio, ninguém conseguiu zerar ainda em tempos de chuva, também, pudera, além de bastante íngreme, as erosões bastante irregulares aumentam sobremaneira as dificuldades, mas é uma questão de tempo, pois em breve, Gabi (ela mesma), com a disposição que mostrou para subidas, deverá vencê-la, até porque voltaremos agora em pleno verão…

Como tudo que sobe desce, um down Hill muito legal não demorava, antes de chegarmos em Porto Vasco, num trecho de 500m, uma declividade de 45m, com pequenas erosões, bom demais pra quem gosta de adrenalina.

Mas, nem tudo são flores… Ao chegarmos a Porto Vasco, uma triste constatação: Em virtude do inverno, não estava funcionando, tivemos que nos contentar com o que levamos. Sorte que Kang é uma loja de conveniência sobre duas rodas e não faltou barra de cereal para quem quis e as meninas pareciam lanchonetes, saindo sanduíches para todos os lados…

Aproveitamos para tirar a lama dos freios e seguimos em frente. Mais uma vez tínhamos a opção de encurtar o caminho, trilhando os mangues ou estender um pouco margeando o mesmo pelos coqueirais e pastos. Não deu outra, não por diminuir a distância, mas pela brincadeira de pedalar num terreno que apesar de comum aos olhos, pouco se trafega: Mangue novamente, tudo na maior brincadeira e segurança.

A fome apertava e o calor era grande, assim, aceleramos o passo, ou melhor, o pedal e chegamos à antiga bica para dar uma refrescada. Mais alguns quilômetros e revisitamos as ruínas do antigo engenho e foi só o tempo de registrarmos algumas fotos e retornar à Nova Cruz, encerrando uma trilha que, como já foi posto anteriormente, é bem conhecida, mas sempre encanta e agrada por toda a sua beleza. Vale ressaltar que as áreas de mangue daquela região, até onde pudemos observar, continuam intactas, o que foi mais um motivo de alegria para todos nós.

Até a próxima!

Veja todas as fotos AQUI

vb_marca_original

Anúncios

Responses

  1. […] Veja mais fotos dessa trilha AQUI  […]


Categorias

%d blogueiros gostam disto: