História

PRINCÍPIO, MEIO E SEM FIM…

Em 1994 um grupo de ciclistas enxergou nas bicicletas não apenas uma maneira de se exercitar, de manter a forma, mas de estabelecer um novo estilo de vida, desenvolvendo um espírito de aventura e contato com a natureza que promovessem bem-estar individual e para todo o grupo, ratificando sentimentos mútuos de amizade e companheirismo.

Nascia o VENTURE BIKERS…

Historia2

Inicialmente saindo da praça de Casa Forte com o nome Venture Bike, o grupo formado por Fernando Dornelas, Ademilton Couto, Paulo Thiers, Euvado Ruiz (Toni), Eli e tantos outros, fazia passeios urbanos regulares e trilhas por toda a região, sendo um dos pioneiros no uso de equipamentos de proteção individual como o capacete e no cicloturismo, registrando viagens intermunicipais e interestaduais.

Em meados de 2004, alguns dos novos integrantes do Venture Bikers assumiram a direção do grupo e passaram a dar mais atenção aos passeios noturnos, duas vezes por semana, optando por conferir a estes eventos o nome de Corujaqueira com a permissão dos fundadores do Venture. O sucesso foi grande, a cidade carecia há muito de um evento desse porte e com o apoio governamental, através do BPTran. Ocorre que seis meses depois, chegamos a sair com 1269 ciclistas em virtude de vários fatores (último passeio do ano, colégios em férias, poucos grupos na cidade com as mesmas características, etc.), algo que a estrutura urbana da cidade não comportava e de uma reunião realizada com a CTTU e o BPTran, definiu-se que esse evento sairia apenas nas terças-feiras, dias com transito menos intenso, incorrendo em menos transtornos. Sendo assim, os passeios das quintas-feiras voltaram a receber seu nome original: VENTURE BIKERS.

Historia 1

Nesse meio tempo, sempre houve a participação de integrantes originais do Venture Bikers, como Toni, Paulo Thiers e o próprio Fernando Dornelas, o qual voltou conduzir em definitivo os passeios e trilhas do Venture Bikers à partir de 2008.

Quatro anos após o surgimento do Corujaqueira, o Venture Bikers desvinculou-se em definitivo do evento e voltou às suas origens, com passeios noturnos em maior velocidade e distância, visando um condicionamento adequado para as trilhas e cicloviagens, nossos maiores objetivos, além da contínua interação entre os seus integrantes, sempre dentro da filosofia  do esporte não competitivo.

Hoje, responde pela organização do grupo Fernando Dornelas.

BEGINNING, MIDDLE AND WHITHOUT END…

In 1994 a group of cyclists saw on their bicycles not only a way to exercise, but to establish a new lifestyle, developing a spirit of adventure and contact with nature promoving individual happiness and for all the group, confirming mutual feelings of friendship and companionship.

VENTURE BIKERS was born…

Initially leaving the Casa Forte’s Square, one of the most beautiful works of the renowened landscape architect Burle Marx in Recife, with the name Venture Bike, the group formed by Fernando Dornelas, Ademilton Couto, Paul Thiers, Euvado Ruiz (Toni), Eli and many others, performed regulars urbans rides and trails throughout all the metropolitan region, being one of the pioneers in the use of personal protection equipment such as helmets and on the cycle tourism, registering intermunicipals and interstates travels.

In 2004 new members took the direction of the group and of the Venture Bikers, started an event called Corujaqueira, a nocturne urban ride that reunited 1,269 cyclists in a single night. Over the time, new groups were appearing in the city, the most of them derived from this event, destined for who is starting in the sport.

In 2008, the Venture Bikers finally left the Corujaqueira and its creators, returning to their nocturne rides on stronger speed and roamming longer distances, to allow a more appropiate physical conditioning for its members to realization of trails and travels, the most important objectives of the group beyond the continuous interection between the group members and always inside at the philosophy of non-competitive sport.

vb_marca_original

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: